Benfica lança OPA para controlar a SAD

Partilhar

A Sport Lisboa e Benfica SGPS lançou uma oferta pública de aquisição (OPA) sobre 28,06% do capital disperso em bolsa.  Com esta OPA a Sport Lisboa e Benfica SGPS tenta alcançar o controlo quase total da sociedade.

No anúncio preliminar de lançamento da OPA, divulgado junto da Comissão do Mercado de Valores Mobiliário (CMVM), a OPA tem caráter voluntário e o preço da oferta é de cinco euros cada, o mesmo a que as ações entraram em bolsa em 2001.

A Sport Lisboa e Benfica SGPS tem um capital social de 115 milhões de euros, representado por 23 milhões de acções, das quais 9,2 milhões de acções de categoria A, integralmente detidas pelo Sport Lisboa e Benfica, e 13,8 milhões de categoria B, dispersas por outros investidores.

De acordo com a empresa, o valor máximo da operação é de 32,7 milhões de euros, “ao qual se deduzirá qualquer montante (ilíquido) que venha a ser atribuído a cada ação, seja a título de dividendos, de adiantamento sobre lucros do exercício ou de distribuição de reservas”.

Estão neste momento suspensas as acções da SAD do Benfica, cotadas na bolsa de Lisboa, para consolidação da informação junto dos investidores.